Histórico

 

 

Fundação e evolução : 

Em 1981, um grupo de amigos do Colégio Fancisco Goya e jovens da cidade de Pessac decidiram criar a associção cultural O SOL DE PORTUGAL, com a ajudas dos pais, pois a maioria deles ainda eram menores. A medida que os jovens atingiam a maioridade, os pais que eram os administradores da associação deixaram os filhos assumir as várias responsabilidades da associação.

O Sol de Portugal é a associação mais influente da região proveniente da comunidade portuguesa e também é uma das associações mais antigas em França criada por filhos de portugueses da segunda geração.

Reunidos no inicio em torno de uma paixão comum, a dança tradicional portuguesa, estes jovens integraram-se rapidamente ao tecido associativo, co-construindo projetos com várias outras estruturas, uma delas é a associação K'danse em Pessac. Juntas, estas duas associações realizaram um espetáculo importante em Pessac, mas também em Angoulème nos anos 80.

Hoje em dia, alguns destes jovens ainda são membros ativos da associação cuja sede social situa-se em Pessac desde há vários anos, atualmente na Maison des Associations de Pessac. O Sol de Portugal é aderente desde a criação desta associação. Além disso, a presidente d'O Sol de Portugal é administradora da Maisond des Associations de Pessac. 

 

Uma associação atípica operando em duas cidades que aprecia muito : PESSAC e BORDÉUS 

Progressivamente, a associação intervém em Pessac e Bordéus. Com efeito, a associação cresce e diversifica as suas atividades em Bordéus. Atualmente, O Sol de Portugal possui tantos aderentes em Bordéus como em Pessac, e alguns aderentes de Blanquefort, Mérignac, Talence, Gradignan, Villenave d'Ornon, Léognan, ...

A associação tem várias parceiros pontuais como os municipios ou associações de Mérignac, Talence, Léognan, Gradignan, Canéjan, Cenon, St Médard d'Eyrans, Lamarque, La Teste de Buch, Villenave d'Ornon, que apoiou durante o acordo de geminação com a cidade portuguesa, ... 

 

Aulas de português desde 1985

A associação dá aulas de português. Estas aulas coletivas são realizadas em Pessac e em Bordéus, conforme o nível. A escole Montesquieu acolhe os vários alunos adultos ou crianças de Pessac e a ALIFS acolhe os alunos de Bordéus. A associação também dá aulas individuais em função dos pedidos. 

As duas geminações Bordéus / Porto e Pessac / Viana do Castelo não são estranhos a este entusiasmo por essa língua portuguesa. 

Em 2016, a associação intervirá no Colégio Gérard Philipe em Pessac para organizar uma viagem escolar a Viana do Castelo, cidade geminada com Pessac. A associação mantém relações privilégiadas desde há mais de 20 anos ; relações que permitiram a geminação entre as duas cidades.  

 

Acompanhamento escolar, formação dos professores e embaixadora da francofonia

Em 1987, a associação começou a dedicar a sua atenção ao "acompanhamento escolar" no âmbito de ajudar alguns aderentes nas suas problemáticas escolares e ampliou o seu campo de acção afim de ajudar as crianças, oriundas ou não da immigração, em dificuldades. Este compromisso atípico efetuado por uma associação que provém da comunidade portuguesa será valorizada durante numerozas formações em Orléans, Bourges e Paris.

A associação opererá várias vezes na formação inicial dos professores em Bordéus Caudéran, no que diz respeito a escolaridade das crianças migrantes.

A associação opererá também várias vezes em muitos estabelicimentos françês no Porto à no Instituto Superior de Educação na Universidade do Porto no área do conto e da literatura no âmbito da Semana da Francofonia. 

 

Uma associação empregadora

Em 1990, a associação torna-se empregadora e desde esta data acolheu muitas pessoas, de Pessac e Bordéus, em situação precária, que readquiriram uma dignidade perdida e uma confiança em si própria que lhes permitiram encontrar empregos sustentáveis.

A associação acolhe vários estagiários da metrópola em coordinação com organismos sociais ou estabelecimentos escolares. 

 

Intercâmbios internacionais e manifestações culturais 

Em 1991, O Sol de Portugal co-organisa um intercâmbio intercultural entre Bordéus e o Porto durante 2 meses a bordo de 2 veleiros com jovens da metrópola em situação de vulnerabilidade. 

 

De "Textos e Imagens De Portugal" a "Portugal de Abril"

Desde 1993, O Sol de Portugal organizava uma manifestação em Pessac e em Bordéus intitulado "Textos e Imagens de Portugal", que se realizava durante a primavera. Esta manifestação ainda exista mas desde 2008, foi dividida em duas partes e mudou de nome. Com efeito, agora Pessac festeja "A Primavera portuguesa" e Bordéus "O Outono Português" a fim de valorizar a cultura lusófona mas também de favorecer o encontro com os outros. A associação apprecia desde sempre trabalhar em parcearia com os decisores e o tecido cultural destas duas cidades.

Desde a geminação, "Portugal de Abril" é co-construido em parceria com o Comité de Geminação de Pessac com quem trabalha lado a lado, no âmbito de reunir as populações de Pessac e Viana do Castelo, cidade amada por muitos aderentes de Pessac.

A associação trabalha e co-constrói projetos en parceria com os centros de animação de Pessac (Saige Formanoir, Alouette) e de Bordéus (St Michel, St Pierre) em particular, mas também com outras estruturas associativas em Pessac (Comité de Geminação, ASTI, Terres d'Adèles, Bourgailh, ...) ou em Bordéus (ALIFS, Promofemmes, Boulevar des Potes, associação Chahuts ...). 

 

Uma associação definida como operador social e educativo 

Desde o princípio dos anos 90, a associação já não é somente identificada como fazendo apenas a promoção da cultura lusófona mas também como um operador social e educativo de bairro da cidade de Pessac e de Bordéus e até mesmo além da metrópola, nomeadamente através as suas atividades extra-escolares em Bordéus ou no quadro da Política da Cidade (Contratos Urbanos de Coesão Social) em Pessac.

Graças as suas parcearias regulares durante as últimas três décadas, a associação estabeleceu contactos com outras estruturas locais, outros centros sociais, comités de bairro especialmente em Pessac, estabelecimentos escolares com municipalidades respectivas. 

Os seus ateliers de canto ocorrem em Pessac, tais como os ateliers de contos que permitem preparar as manifestações culturais que a associação organiza ou às quais participa. Foi em Pessac que um grupo de jovems criou "Os Cabeçudos" ; além disso o grupo recebeu o prémio "Zoom Esepcial" em 2010. Esta arte, proveniente da cidade geminada de Pessac, Viana do Castelo, é apresentada todos os anos por os aderentes durante o Carnaval de Pessac ou durante a festa de St Michel. 

 

Uma especifidade : a co-construção de espetáculos ou de projetos culturais

A associação realiza espetáculos ao vivo concebidos pelos seus aderentesou co-constrói com outras estruturas parceiras (contos, teatro, música), organiza conferênçias, exposições, degustações de produtos portugueses, concursos de cozinha, refeições com temas, projeções de filmes, ... 

Os locáis de difusão podem variar segundo os pedidos (bibliotecas municipais, centros sociais, estabelecimentos escolares, casas de repouso , mas também lugares ao ar livre como as praças, rua, ...). O Sol de Portugal trabalha regularmente com o cinema Jean Eustache, a mediateca de Pessac, ou o cinema Utopia. 

A associação participa as manifestações organizadas em Pessac (Carnaval, Festa das associações, Festa de Natal, Atout Langue, Dia Europeio do Património) ou em Bordéus (Fórum das associações, Festa St Michel, Dia Euopeio do Património, ...) e intervém em outras cidades do departamento e pontualmente fora do seu território de eleção : Bourges, Paris, Oloron Ste Marie, Pau, Sarlat, Villeneuve sur Lot, Limoges…

 

Animações interculturais 

Em 2007, a associação participa a uma manifestação de peso : L’Opéra Urbain LEENA com o grupo coral Croque Notes de Pessac, um grupo coral africano de Talence e outros parceiros associativos, tendo como finalidade o Ano Eutopeio do Diálogo Intercultural, realizada por Migrations Culturelles Aquitaine Afriques, e UTSF (União dos Trabalhadores Senegaleses em França), com a ajuda da ACSE, IDDAC e a Ópera de Bordéus. 

 

Intercâmbios europeus 

A associação trabalha com Viana Do Castelo, Porto e outros países por ocasião dos intercâmbios europeus que estabeleceu.

Durante os últimos anos O Sol de Portugal estabeleceu, com a Itália, a Espánha, Bulgária, Letónia, Marrocos, e Portugal, vários intercâmbios aos quais participaram muitos cidadãos de Pessac e de Bordéus.

Neste momente em que a Europa têm de enfrentar um desafio fundamental, a associação representa uma "ponta" entre  os povos. Foi por essa razão que o compromisso ao lado do Comité de Geminação de Pessac é muito importante para ela (geminação com Viana do Castelo) mas também com o Serviço das Relações Internacionais de Bordéus, através da geminação com o Porto mas igualmente com outras cidades geminadas tais como Los Angeles, onde um dos membros do Secretário da associação participou nos Estados-Unidos à uma semana sobre a integração das minoridades étnicas. 

Essa vontade de aproximar as culturas já foi exprimida duranta várias manifestações realizadas há alguns anos pelo Comité de Geminação de Mérignac mas também pela Câmara de La Teste de Buch e de Canejan. 

 

Uma associação multifacetada :    

  • atelier de teatro / contos 

  • grupo de canto e música

  • biblioteca em língua portuguesa e francesa

  • atividades extra-escolares para crianças e adolescentes 

  • encontro com jovens

  • intercâmbios 

  • conferênçias

  • noites de cinema

  • atelier de língua de alfabetização, acompanhamento para pessoas em dificuldades

  • semanas culturais

  • atividades permitindo o aproximamento das populações dos bairros

  • acolhimento de estagiários metropolitanos mas também europeus